Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Home > Destaque > CCST recebe selo Gold Standard Internship Host da Universidade de Oxford
Notícia

CCST recebe selo Gold Standard Internship Host da Universidade de Oxford

O CCST (Centro de Ciência do Sistema Terrestre) do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)  foi reconhecido com o selo de Anfitrião de Estágio, o Gold Standard Internship Host, por apoiar com excelência e qualidade os programas de estágio da Universidade de Oxford.

Universidade de Oxford  é uma instituição de ensino superior pública na Inglaterra, a qual é considerada uma das cinco melhores universidades do planeta. As vagas do programa de bolsas são para pós-graduação, mestrado e doutorado, ofertadas a estudantes do mundo todo.

No Brasil, apenas o CCST / INPE, o IEE / USP e uma empresa privada participam do The Summer Internship Programme (Programa de Estágios de Verão) da Universidade de Oxford. O CCST ingressou no programa em 2015 e, em 2018, recebeu cinco alunos. Em 2019, foram três alunos.

As instituições selecionadas para os prêmios Gold Standard foram julgadas pelos seguintes critérios: três anos ou mais no programa, qualidade geral do feedback dos estagiários, consistência da oferta de estágio, capacidade de resposta a e-mails dos alunos e do Gabinete de Estágio, capacidade de resposta a dificuldades, feedback construtivo e fornecimento de recursos para estagiários.

Alguns alunos de 2018 deixaram seus relatos a respeito de sua experiência no Brasil e, em particular, no CCST / INPE.

Alexander Doren, cursando o 3º ano de graduação (de um curso de 4 anos) na época, realizou um projeto de pesquisa sobre o uso da terra e biodiversidade no bioma Cerrado no Brasil. Segundo ele, “o Brasil é um país incrível e extremamente bonito, e ter a oportunidade de realizar pesquisas interessantes em um lugar tão fantástico parece irreal.’’

Edward Clennett, também no 3° ano de graduação, trabalhou em um projeto sobre condições climáticas severas e raios durante as 6 semanas em que esteve no CCST. “Meu verão no INPE foi definitivamente a melhor experiência que já tive. Isso não apenas me ajudou com minhas aspirações de carreira, como também me convenceu de que poderia exercer uma profissão de doutorado ou de pesquisa além de me apresentar a um país incrível”.

Joshua Gowdy, 3° ano de matemática, trabalhou em um projeto comparando o potencial de energia eólica e solar em três locais do Brasil. Ele usou dados de velocidade do vento e irradiância solar aos quais o CCST tinha acesso por meio da rede SONDA. “Adorei meu tempo no Brasil e o país deixou uma impressão boa, quero voltar e morar em São Paulo. Esta cidade em particular era um ótimo lugar para música, arte, jovens e para mim parecia um lugar com muita vida.”

No final do programa de estágio, os participantes sempre fazem uma apresentação, de 15 a 30 minutos, mostrando os resultados de suas pesquisas.

O selo Gold Standard Internship Host será exibido no site do CCST e de sua Pós-Graduação.

Por: Giovana Christina Colela dos Santos