Você esta em:
Home » Destaque » Força do Irma transformou verde do Caribe em marrom estéril
Publicado em: 13-09-2017

Força do Irma transformou verde do Caribe em marrom estéril



por Vanessa Barbosa

O furacão Irma atingiu com força total na semana passada uma série de ilhas no Caribe, matando ao menos 37 pessoas, antes de chegar à Flórida, nos EUA.

Seus ventos de mais de 200 km/h eram tão fortes que arrancaram a cobertura verde das ilhas atingidas dando lugar a um marrom estéril.

Agora que as nuvens estão começando a se dissipar na região é possível ver o dano causado por Irma a partir de imagens de satélites.

O contraste entre o antes e depois da tempestade é impressionante, como revelam as imagens do Observatório da Terra da Nasa (Nasa Earth Observatory). As ilhas com paisagens verdejantes do final de agosto deram lugar a um marrom de descampado, após a passagem do furacão.

As visualizações são do dia 25 de agosto, 08 e 10 de setembro, antes e depois da tempestade. Elas estão entre as poucas imagens de satélite relativamente sem nuvens da área até agora, segundo a Nasa.

(Divulgação/Divulgação)

“A exuberante vegetação tropical verde pode ter sido arrancada pelos fortes ventos das tempestades, deixando o satélite com uma visão mais ampla do terreno nu. Além disso, o jato de sal carregado pelo furacão pode ter ressecado as folhas das árvores”, diz o site da Nasa.

Diferenças na cor do oceano – mais escura e mais clara – também chamam atenção. Segundo a agência americana, provavelmente, elas provêm das mudanças na superfície do oceano: águas mais agitadas dispersam melhor a luz e aparecem mais claras.

(Earth Observatory/ Nasa/Divulgação)

(Foto da chamada: Reprodução/Exame/NASA Earth Observatory/Divulgação)

* Publicado em: Exame