Você esta em:
Home » Destaque » Duas novas áreas de conservação são criadas na Billings, em São Paulo
Publicado em: 08-02-2018

Duas novas áreas de conservação são criadas na Billings, em São Paulo



por Portal do Governo

O meio ambiente ganhou duas novas áreas para aumentar a conservação dos recursos naturais no Estado de São Paulo. O Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) aprovou a proposta de criação das áreas de conservação na Billings. Ambas estão situadas nos arredores da represa Billings, na região metropolitana da capital.

De acordo com a proposta aprovada, as novas unidades de conservação (UCs) serão de proteção integral. Uma será o Parque Estadual (Águas da Billings) e a outra a Floresta Estadual (Montanhão).  As UCs vão contribuir para preservar a área do manancial, além de servir de instrumento de lazer para a população da região.

Na área do Parque Estadual Águas da Billings há uma estação de captação de água, responsável pelo abastecimento de água da região do ABC e parte de São Paulo. Já a Floresta Estadual Montanhão funciona como importante corredor ecológico entre as Águas da Billings e o Parque Natural Municipal do Pedroso, em Santo André. Além, claro, de influenciar na biodiversidade das demais áreas verdes da região.

Para que lazer e conservação caminhem juntos, a proposta contempla também regras para as futuras atividades existentes. O projeto propõe a implantação de um sistema de trilhas interpretativas e um programa de educação ambiental. Também será feito o atendimento de instituições de ensino, com visitas monitoradas.

A criação dos parques é resultado da compensação ambiental pelo licenciamento do trecho sul do Rodoanel Mario Covas. Na ocasião, foi firmado um termo de compromisso entre as partes para compensação ambiental (TCCA).

(Foto da chamada: Reprodução/Governo de São Paulo/Gilberto Marques/A2img)

* Publicado em: Governo de São Paulo